Oficina de Direção Teatral - WB Produções





Oficina de Direção Teatral  

Através da 11ª edição do Circuito Cultural Unimed, Com patrocínio do Ministério da Cidadania, Renner, Unimed Vitória e Instituto Unimed Vitória abrem inscrições para Oficina de Direção Teatral com Michel Blóis (diretor assistente do espetáculo Através da Iris)

Sao apenas 20 vagas gratuitas e acontecerá no dia 31 de março, domingo de 13 às 17 horas no Hotel Senac Ilha do Boi, na sala Ilha Bela,  com carga horária de 4 horas .

Inscrições: [email protected]wbproducoes.com 

Infos: www.wbproducoes.com

Saiba mais: Oficina de Direção

O foco da oficina será buscar novas maneiras de abordar um dos temas centrais da peça “Através da Iris”, o envelhecimento.

Metodologia: 

1º passo 

Discutir o “envelhecimento” tentando atingir o máximo de complexidade do tema como sexualidade, desejos, medos, agilidade, morte, ancestralidade, conectividade, mudanças físicas, riscos, etc.

2º passo

Criar imagens/fotografias que representem as abordagens discutidas.

3º passo

Ler algumas cenas da peça “Através da Iris” e escolher trechos para serem lidos juntos com as imagens/fotografias criadas.

4º passo

Discutir e ajustar as imagens/fotografias às cenas. Inserir música, paisagem ou mudanças de perspectivas.

5º passo

Refazer as cenas em sequência criando, assim, uma nova maneira de abordar o texto da peça “Através da Iris”

Sobre Michel Blois

Dirigiu os espetáculos: “A Sonia é que é Feliz” (2006) de Julia Spadaccini; “Dois Irmãos” (2008) do italiano Fausto Paravidino – co-direção de Chia Rodrigues; “Para um destinatário” (2009) de Michel Blois – apresentado em Lisboa, Portugal; “Dentro” (2012) da Pequena Orquestra; “E se eu não te amar amanhã?” (2017) de Julia Spadaccini – co-direção da cineasta Sandra Werneck; “Tubarões” (2017) de Alexandre Varella, Alonso Zerbinato, Beatriz Bertu, Bianca Joy, Christian Landi, Cirillo Luna, Daniela Pereira de Carvalho e Michel Blois.

Coletivamente dirigiu, escreveu e atuou em: “Limite” (2005) da Invisível Companhia; “Madrigal em Processo” (2009) da Pequena Orquestra; “Sempre”, “Pedro procura Inês” e  “Bobby Sands vai morrer, Tatcher assassina” (2009) com Tiago Rodrigues, Alex Cassal, Felipe Rocha, Thiare Maia, Claudia Gaiolas e Paula Diogo e Michel Blois – “Projeto Estúdios” da Companhia Portuguesa “Mundo Perfeito” – apresentado em Lisboa, Portugal; “Dulce” (2010) com Flávia Gusmão, Nuno Gil, Michel Blois e Thiare Maia – apresentado no Brasil e Europa); “MoMO” (2013) com Flávia Gusmão e Michel Blois – apresentado no Brasil, Europa e África; “Moradores da Cidade Vazia” (2014) da Pequena Orquestra; “O grande livro dos pequenos detalhes” (2015) com Claudia Gaiolas, Paula Diogo, Michel Blois e Thiare Maia – e dramaturgia de Alexander Kelly (ING) – apresentado no Brasil e em Portugal.

Vale lembrar que as Oficinas fazem parte de uma contrapartida social oferecida e patrocinada graças a Lei Rouanet Art 18 do projeto Circuito Nacional de Teatro no Es ano 11, Pronac 182791.

SERVIÇO

Oficina de Direção Teatral com Michel Blóis.

31 de março – domingo – no Hotel Senac, sala Ilha Bela.

De 13 às 17 horas

Gratuito.

Inscrições: [email protected]wbproducoes.com

Infos: www.wbproducoes.com

 



ENDEREÇO

Rua Fortunato Ramos, 30
Edf Cima Center, Sala 103
Praia do Canto - Vitoria/ES
CEP 29055-290

(27) 3376-0933
(27) 99781 - 6230 (Whatsapp)

[email protected]

NEWSLETTER